LFW: Mary Katrantzou e sua coleção outono inverno 2014

18 fevereiro 2014 Categories: bolsas, fashion week, inverno 2014, Londres por Comentários desativados

English version of the text at the end of post

A roupa que vestimos acaba por ser uma representação do que somos ou do que queremos ser. Um símbolo da nossa profissão, do nosso grupo, do nosso time, da nossa sexualidade.

E, Mary Katrantzou, que costuma usar a estampa para formar sua própria linguagem, nesta coleção se reinventa, e com a recomposição de vários símbolos, como se fosse uma colagem, cria um novo modo de se expressar e um novo modo de se reconhecer um membro de sua tribo.

mary 

Review: “O desfile da Mary Katrantzou pegou todos de surpresa! Totalmente inesperado, desta vez, sem suas famosas estampas digitais, sua marca registrada. Entretanto, mesmo com o espírito de mudança na passarela, com expansão do seu universo criativo e trabalhando com outros materiais e ideias, se formos a fundo, percebemos que a interpretação é a mesma, a estilista continua a trabalhar com símbolos, só que de uma forma diferente. Tem bastante bordado termocolante, daqueles que se usavam em uniformes escolares, esportivos e militares, com seus distintivos e arabescos dourados, criando até uma história com eles, recortes de pregas e até malhas de metal bordada. Adorei a ideia de criar um tecido com os bordados termocolantes, o que virou um tipo de tela super moderna e colorida. Gostei também quando ela mistura as miçangas e bordados, recriando uma história. O que mais me chamou atenção foram os últimos vestidos longos, bordados como se fossem totens em perfeita simetria: são minhas peças de desejo do desfile! As bolsas, com um toque funcional, estão lindas e harmonizam perfeitamente os looks.” Camila Danieletto

Nota: as imagens do desfile foram cedidas pela assessoria de imprensa internacional de Mary Katrantzou

 

english version:

“The clothes we wear end up being a representation of what we are or what we want to be. A symbol of our profession, our team, our sexuality. And, Mary Katrantzou, who usually tends to use stamps to form her own language, reinvents herself in this collection, and, with the recomposition of many symbols, as it were a collage, creates a new way of expression and a new way to identify a Mary Katrantzou tribe member.”

 

Review: “Mary Katrantzou parade caught us all by surprise! Totally unexpected, this time, without her famous digital stamps, her trademark. However, even with a spirit of change in the runway, with her creative universe expansion and working with other materials and ideas, if we go further, we will realize that the interpretation is the same, the stylist continues to work with symbols, only in a different way. There are lots of thermal adhesive embroideries, those that were used in school, sports and military uniforms, with its golden arabesque badges, which even creates a story, knife pleats and even embroidered metal mesh. I loved the idea of creating a fabric with thermal adhesive embroidery, what turned out into a type of super modern and colorful guipure. I also like when she mixes beads and embroidery, recreating a story. What most caught my attention were the last long dresses, embroidered as they were totems in perfect symmetry: they are my parade’s wish items! The purses are gorgeous and harmonize perfectly with the looks!” Camila Danieletto

 

Comments are closed.