INTERVIEW Maria Sole, designer Les Petits Joueurs

07 janeiro 2014 Categories: bolsas, DIRETO DOS NOSSOS ARQUIVOS ...., entrevista, internacional, maio, news por Comentários desativados

 

English version of the text at the end of post

 

Para começar 2014 com muito estilo, nada melhor do que um post sobre a marca de bolsas Les Petits Jouers, feitas com peças de lego. 

As bolsas já são feitas no Brasil para diversas lojas, e também estão à venda online, do Brasil e no exterior, em diversos e-commerces, como SubmarinoDafiti premiumLuisa via Roma, entre tantos (a marca também tem uma e-store própria). No comando, a designer italiana Maria Sole, que passa parte do ano no Brasil.

les_petits_jouers_2

Jovem, talentosa e extremamente amável, Maria Sole concedeu uma pequena entrevista para Camila Danieletto, do comquebolsa, em que conta um pouco sobre seu processo de criação e as etapas da delicada e artesanal produção das suas bolsas, que já viraram hit na mão das celebs.

celebridades_bolsa_lego_les_petits_joueurs

CAMILA: Li um pouco sobre sua trajetória e de como sua marca nasceu. O ponto de destaque foi a criatividade e a originalidade (algo que hoje em dia é muito difícil) e gostaria de saber primeiro: por que LEGO?

MARIA: Achei os legos sempre muito interessantes e lindos. Nao só por ser um objeto que sempre foi protagonista da minha infância e da minha realidade, mas também pelas suas cores, formas e o aspecto forte e imponente da peça em si mesma. 

CAMILA: Como você montou sua primeira bolsa com eles e como elas são montadas hoje?

MARIA: Tudo começou quando colei algumas pecas sobre uma bolsa antiga. O efeito foi maravilhoso e as pessoas ficaram loucas. Assim, cada dia eu criava uma só colando legos por cima de bolsas que eu não utilizava mais. Depois de várias pessoas querendo as peças, eu resolvi criar a Les Petits Joueurs, a minha própria marca. Me lembro que quando comecei a produzir de verdade as bolsas, o contraste foi enorme. Para chegar num produto de “top qualidade” precisei passar por várias fases produtivas, como o estudo dos materiais e o método de colocação dos lego. Hoje os desenhos em lego tem o próprio encaixe em metal. Não tem mais cola. Essa com certeza é a parte mais complicada a realizar e também a mais cara.

CAMILA: Como são feitas as montagens das peças para a confecção das bolsas?

MARIA: O processo é bem longo… tudo começa com o pedido do lego. Para a ultima produção chegamos a encomendar 50.000 peças!! Não dá para imaginar, são muitas pecas mesmo! Quando o Lego chega, com uma equipe grande, começamos a criar os desenhos (piano/mondrian etc..) e cada desenho, depois de pronto, é colocado no próprio encaixe de metal. Aquele mais complicado para fazer em termos de metal é o da bolsa ”love,” são 4 letras e é muito caro também esse processo!

Depois tudo isso vai para o produtor, que depois de cortar o couro começa a montar as bolsas. Todo esse processo comporta um bom tempo.

CAMILA: Além do LEGO, quais são as matérias-primas que você usa para a confecção das bolsas? 

MARIA: Gosto muito do acrílico, porque me lembra muito o lego e encaixa bem com as minhas criações. Outro material que utlizei para a nova coleçao (nas lojas a partir de fevereiro) foi o python em cores do lego…maravilhoso!

CAMILA: Você pode nos contar um pouco sobre o seu processo criativo para a elaboração das suas criações? Qual a inspiração para a nova coleção?

MARIA: a minha inspiração vem de tudo. Tudo o que é geométrico, pop, diferente e forte. Eu sou uma mulher mais de formas e conceitos e,  infelizmente, sempre menos rendas e brillhos. Tudo me inspira, a arte, principalmente, as mulheres, a história, o passado.

Para a coleçao que estou estudando agora, tenho como referência o mundo da arte e vai ser uma coleção completamente nova, diferente de tudo o que fiz!

CAMILA: Gostaria de agradecer e dizer que suas bolsas são, de um jeito único, muito especiais e bonitas.

Nota: os blogs de moda são, predominantemente, construídos com base em imagens. Nós amamos as imagens, mas também acreditamos que é super interessante conhecer um pouco mais os designers de bolsas e suas ideias, por isso, sempre que possível, gostamos de levar ao nosso leitor, além das criações, as palavras de seus criadores, valendo aqui lembrar que todas as opiniões do blog são espontâneas e se pautam na opinião pessoal da equipe do ComQueBolsa. Algumas imagens que fazem parte do post foram cedidas pela Les Petits Joueurs; outras são reprodução da internet e do instagram @mariasole_cecci

English version: 

To start 2014 in great style, nothing better than a post on the bag label Les Petits Jouers, made with Lego blocks. 

The bags are made in Brazil for several stores, and are also on sale online, from Brazil and abroad, in various e-commerce, like Luisa via Roma, among many others (the label also has its own e-store). At the command is the Italian designer Maria Sole, who spends part of the year in Brazil.

Young, talented and extremely lovable, Maria Sole granted a small interview to Camila Danieletto, from comquebolsa, in which she tells a little about her creation process and the stages of the delicate and handmade production of her bags, which have already become a hit in the hands of celebs.

CAMILA: I read a little about your trajectory and how your label was born. The point of highlight was creativity and originality (something that is very difficult nowadays) and I would like to know first: why LEGO?

MARIA: I have always found legos to be very interesting and beautiful. Not only because they are objects that were always present in my childhood and in my reality, but also because of their colors, shapes and strong and imposing aspect of the block itself. 

CAMILA: How did you assemble your first bag with them and how are they assembled today?

MARIA: It all started when I glued some blocks on an old bag. The effect was wonderful and people went crazy. Thus, each day I would create one by just gluing legos on top of bags I no longer used. After several people wanted the bags, I decided to create Les Petits Joueurs, my own label. I remember when I started to really produce the bags, the contrast was great. To arrive at a “top quality” product, I needed to pass through several production phases, like study of the materials and the method of placing the legos. Today, the Lego designs have their own metal fitting. There is no longer glue. This is certainly the most complicated part and also the most expensive.

CAMILA: How are the blocks assembled to make the bags?

MARIA: The process is quite long… it all started with the order for the Lego blocks. For the last production, we ordered up to 50,000 blocks!! You can’t imagine, there are so many blocks!  When the Lego arrives, with a large team, we start to create the designs (piano/Mondrian, etc…) and each design, once ready, is placed in the metal fitting itself. The one that is the most complex to make in terms of metal is that of the “love” bag, there are 4 letters and this process is also very expensive!

 After, all this goes to the producer, who after cutting the leather starts to set up the bags. All this process takes a long time.

CAMILA: Besides the LEGO, which raw materials do you use to make the bags? 

MARIA: I like acrylic very much because it reminds me a lot of Lego and fits very well with my creations. Another material I used for the new collection (in stores as of February) was the python in Lego colors… wonderful!

CAMILA: Can you tell us a little about your creation process for elaboration of your creations? What is the inspiration for the new collection?

MARIA: My inspiration comes from everything. All that is geometrical, pop, different and strong. I am a woman more of forms and concepts and, unfortunately, always less lace and sparkle. Everything inspires me, art, mainly, women, history, the past.

For the collection I am studying now, I have as reference the world of art and it will be a completely new collection, different from everything I have done!

CAMILA: I would like to thank you and say that your bags are, in a unique way, very special and beautiful.

Note: fashion blogs are predominantly built based on images. We love the images, but we also believe it to be of great interest to know a little bit more about the bag designers and their ideas, therefore, whenever possible, we would like to take to our reader, besides the creations, the words of their creators, reminding that all the blog’s opinions are spontaneous and based on the personal opinion of the ComQueBolsa team. Some images that are part of the post were granted by Les Petits Joueurs; others are reproductions from the internet and instagram@mariasole_cecci

Tags:,

Comments are closed.