Diorbar bag: inspiração na jaqueta “bar” de 1947

09 outubro 2013 Categories: bolsas por Comentários desativados

A Diorbar, a nova bolsa da Dior, é uma criação do estilista Raf Simons, em sua primeira coleção ready-to-wear para Dior, e já está nas lojas do Brasil (a bolsa Diorbar média, em couro de bezerro, custa R$ 14.500,00, em até cinco vezes, obviamente, para poucos, mesmo em cinco vezes!). Mas ela é linda, e vale pela história.

 .diorbarbag_comquebolsa

A bolsa Diorbar é uma homenagem à jaqueta criada pelo estilista Christian Dior, apresentada em 1947 com sua primeira coleção, batizada de “New Look” pela redatora da revista “Harper’s Bazaar” americana, Carmel Snow (no desigm museum, em inglês, um bom material sobre o estilista).

bolsa_dior_bar_comquebolsa

Na primeira fila do desfile verão 2014, as celebridades e suas novas bolsas da Dior: Leigh Lezard, com a bolsa Diorbar e modelo italiana Eva Riccobono com a bolsa inspirada nas ilustrações de Andy Wahrol, da coleção inverno 2013

A jaqueta bar, um casaquinho de seda bege acinturado, foi criada para ser usada de manhã até a noite e seu nome remete ao bar de um grande hotel aonde a mulher poderia ir no fim da tarde beber um cocktail, e se tornou símbolo do “new look” que trazia saias amplas, cinturas marcadas e ombros naturais, trazendo de volta a ideia da mulher feminina e elegante e definido o padrão dos anos 50.

dior_1947_2014

A icônica jaqueta bar apareceu diferente, cortada na cintura (não por coincidência um dos temas da coleção é transformação), no desfile verão 2014, que aconteceu no Museu Rodin, em Paris, na semana passada (dá para assistir o desfile e ver todos os looks no site da Dior), e que teve como cenário plantas e flores que caiam em cascata do alto de andaimes, entrelacando o real e o artificial

Para Raf Simons, diretor artístico da Maison Dior, passado e futuro se entrechocam e dão nascimento a uma nova tribo de mulheres, em uma nova arquitetura da roupa e a ideia é fazer experiências em torno da própria natureza da moda Dior, transformá-la através de um jogo sobre o artificial e o real.

Comments are closed.