AS BOLSAS PERSONALIZADAS DA GUARDA MUNDO

27 março 2014 Categories: bolsas, entrevista, lojas online, maio, no brasil por Comentários desativados

Entrevista exclusiva com Nicole Malo, designer e CEO da Guarda Mundo.

Fazer um blog especializado em bolsas é legal, entre outras coisas, pois, além de podermos conhecer e falar sobre marcas tradicionais e mundialmente reconhecidas, é possível encontrar novos talentos e, principalmente, novas ideias. E claro que essa possibilidade aumenta inúmeras vezes com o mundo virtual, que tudo está a um clique ou e-mail da gente.

bolsas-guarda-mundo

E foi através das nuvens que conhecemos a marca Guarda Mundo, que faz bolsas personalizadas. Achamos interessante a ideia. Não se trata de personalizar uma bolsa que já está pronta. A ideia é que você pode criar uma bolsa (preços: R$ 337,00 até R$ 1.047,00), a partir de modelos base, do jeito que você quer e de acordo com as suas necessidades.

imagem1

 

A criadora da Guarda Mundo, Nicole Malo, também é quem desenha as bolsas da marca e ela concedeu ao blog uma entrevista exclusiva para a estilista Camila Danieletto, da equipe do comquebolsa, contando um pouco da sua história, de como surgiu o conceito da sua marca e como funciona o processo de produção da bolsa personalizada.

 

entrevista_exclusiva

 

Camila Danieletto: De onde surgiu a ideia de fazer uma marca em cujo processo criativo a cliente se envolve, podendo, assim, montar a bolsa do seu jeito? 

Nicole Malo: A Guarda Mundo surgiu através da necessidade de ser única. Na época eu trabalhava para a Vogue, e minha avó, D. Nena, começou, por curiosidade, um curso de modelagem em couro. Nossas bolsas, ainda sem o conceito da Guarda Mundo, já começaram a encantar conhecidas que pediam pelo mesmo modelo, mas sempre de cores diferentes. Foi quando fui a Londres estudar no Central Saint Martins que a ideia foi tomando forma e, assim que voltei para o Brasil, criamos a Guarda Mundo.

Camila Danieletto: Gostaria de saber de quanto em quanto tempo você troca os modelos da coleção e de onde vem a sua inspiração para a criação dos mesmos?

Nicole Malo: Assim, como todo o conceito da Guarda Mundo, nós não temos intenção de seguir tendências e fazer lançamentos junto com as semanas de moda. Temos nossos modelos atemporais disponíveis em diferentes tamanhos e esporadicamente lançamos um ou outro modelo novo. O que estamos sempre atualizando é nossa cartela de couros e forros, trazendo sempre coisas diferentes e de qualidade.

Camila Danieletto: Gostaria que você me contasse um pouco sobre como funciona o processo desde a cliente ligar dizendo que quer uma bolsa exclusiva até a bolsa chegar às suas mãos.

Nicole Malo: Nossas bolsas também são vendidas no site www.guardamundo.com.br, mas o Atendimento Personalizado da Guarda Mundo é a parte mais gostosa do nosso trabalho. Com hora marcada, pelo link (www.catalogoguardamundo.com), e-mail nicole@guardamundo.com.br) ou insta (@guardamundo), faço questão de fazer essa visita pessoalmente e levo comigo todo o material necessário para a criação de uma Guarda Mundo. Esses encontros não têm hora para acabar e, no final, acabo conhecendo um pouco mais o porquê de cada criação.Os pedidos são montados separadamente em nosso ateliê e depois encaminhado para nosso único artesão, que faz todo o processo de criação da bolsa com um rígido controle de qualidade e muitas partes feitas a mão. Cada Guarda Mundo é entregue na casa da cliente com um prazo de um mês.

Camila Danieletto:Como surgiu o nome da marca Guarda Mundo

Nicole Malo: Foi tão difícil como achar um nome perfeito para um filho. Sempre que saía para jantar entre amigas, pedia sugestões, explicava a ideia e colocávamos algumas ideias no guardanapo, até que minha irmã Natasha escreveu Guarda Mundo, e fez todo o sentido.

Nota: As imagens deste post foram cedidas pela Guarda Mundo, mas em breve vamos fotografar algumas das bolsas da Guarda Mundo para mostrar ao leitor do comquebolsa, através das nossas lentes, as bolsas da marca.  2) o site não tem compromisso comercial com as marca citada no post e todas as opiniões expressadas são espontâneas e se pautam na opinião pessoal da equipe do ComQueBolsa,

newsletter 

 

Comments are closed.