bolsas “indígenas”

Na revista inglesa Harper´s  Bazaar de novembro – no editorial “a world way” com a modelo Meghan Collison, fotografada por Norbert Schoerner – a atmosfera é étnica.

Nas bolsas essa tendência está presente também, como se vê, nas mochilas de crochet ou tricot do “project mochila”, em que os estilistas desenharam bolsas que lembram as feitas por artesãs indígenas da América do Sul.

Esse estilo aparece em outras bolsas, como a PS1 da foto (3). Por falar em PS1, Lauren Santo Domingo diz  que sua coleção de bolsas pode ser dividida em duas categorias: as PS1 e suas mochilas feitas por artesãs colombianas.

(1)    Vera Wang; (2) Missoni; (3) PS1, Proenza Schlouer; (4) e (12) Rober Vivier; (5) Mathew Williamson; (6) Thakoon;(7) Carolina Herrera; (8) VBH;  (9) Calvin Klein; (10) Phillip Lim; (11) Oscar de La Renta

O New York times, em artigo de 30/06/2010, publicou matéria dizendo que esse tipo de mochila virou item cult e citou a organização sem fins lucrativos Wayuu Taya que comercializa on-line  (http://www.wdhstore.com/wayuu/html/store/category.htm)  as mochilas feitas pelas mulheres sul-americanas da tribo indígena Wayuu. As bolsas são lindas e custam 140 dólares, mas entrei no site e eles só entregam nos Estados Unidos.

E você? Vai aderir às bolsas artesanais?

Postado por: Helena

Tags:

Uma resposta para : bolsas “indígenas”

  1. Monica disse:

    apesar de não fazer muito meu estilo, vendo o site da Fundação Wayuu Taya eu achei as bolsas bem bonitas e o projeto interessante. Estranho que não o próprio site não venda para a América Latina